SEMENTE DE ABÓBORA

AMO SEMENTES, pois representam o potencial nutricional para a formação de uma planta. As sementes de ABÓBORA são as minhas preferidas, pelo seu sabor, por seu potencial nutricional e por sua versatilidade.
A semente de abóbora é obtida a partir do fruto abóbora. As sementes contêm uma substância denominada de cucurbitacina a qual possui grande propriedade antiinflamatória seja para a próstata ou para o sistema urinário, além de ser um ótimo vermífugo. O aumento na utilização da semente de abóbora na culinária tem sido atribuído a sua excelente qualidade nutricional.

A semente é rica em proteínas (39g/100g) fibras (27g/100g) ferro (10g/100g) além de cálcio, zinco, vitaminas do complexo B, vitamina E e gorduras poliinsaturadas

As sementes de abóbora são fáceis de preparar: tire-as, lave-as e deixe-as secar, depois leve ao quente, mas desligado, para que fiquem bem click here secas. Assim que esfriarem podem ser congeladas, uma dica é ir guardando em um vidro no freezer até que tenha uma quantidade razoável para triturar. Hoje as lojas especializadas já oferecem a semente de abóbora descascada, o que é mais prático.

Assim que estiverem trituradas  (em liquidificador), peneiradas e utilizadas no preparo de saladas, farofa, mingau, bolo, biscoitos… As variedades comerciais são, em geral, muito salgadas devendo ser evitadas para os indivíduos hipertensos.

COMO CONSUMIR:

– polvilhar sobre a salada, pois ela aumenta o teor protéico desta e confere uma crocância

– acrescentar no arroz integral após o preparo

– misturar com legumes refogados

– comer com sopas cremosas

– acrescentar na receita de pães e bolos para aumentar o teor proteico destas preparações