OS BENEFICIOS DE COMER DE FORMA SAUDÁVEL

O tempo em que o nutricionista servia para calcular a necessidade de energia e elaborar um cardápio equilibrado já passou. Isso já não basta!
A nutrição está em crescente evolução, pois hoje falamos em nutrigenética e nutrigenomica aonde através de uma alimentação adequada, podemos modular nossos genes. Podemos prevenir doenças futuras, podemos reduzir o impacto de doenças já existentes e mais evitar que nossos filhos tenham as doenças que nossos avós e pais tiveram.

Como podemos ver a nutrição não serve apenas para montar uma dieta para que a perda de peso seja mais rápida, pois antes de pensar em emagrecer apenas, é preciso pensar em saúde!

Se estou descontente com a minha pele, e os meus cabelos estão quebradiços e sem vida, isso é um problema de saúde.

Se toda a vez que saio do banho, me deprimo ao pensar que apenas a calça preta fica bem, isso é um problema de saúde.

Se passo durante 15 dias no mês irritada e compulsiva isso é um problema de saúde.

Se meu sono é interrompido muitas vezes pelo ronco é um problema de saúde

Saúde é um todo, não há como dissociar bem estar de saúde, assim como não podemos falar em saúde sem falar em hábitos alimentares. Para que meu corpo se mantenha saudável por mais tempo, é fundamental que eu o alimente com o combustível certo.

Usamos gasolina aditivada para que o rendimento do motor do carro seja maior e comemos pão cacetinho com margarina no café da manhã? Que desempenho eu espero do meu corpo, e por quanto tempo? Diariamente estamos renovando diversas substâncias e estruturas do corpo, as células da pele, os fios de cabelo, as enzimas digestivas, a saliva, as células do intestino, o sangue. E para que haja esta renovação é fundamental a entrada de nutrientes proveniente da alimentação. É preciso pensar em uma maneira de se alimentar para viver mais e melhor.

Para click here que isso se torne realidade precisamos adotar novos hábitos e incluir fontes de nutrientes em nosso dia a dia. Um dos principais pontos a serem modificados é combater a monotonia alimentar, variando o preparo dos alimentos e experimentando sabores.

–  vá á feirinha ecológica e compre os vegetais da estação, procurando incluir novos sabores a cada compra

– seja crítico na escolha dos produtos na prateleira do supermercado, observando a quantidade de conservantes e corantes utilizados na composição do produto

– inclua ervas e especiarias para preparar os pratos do dia a dia, sálvia, tomilho, manjericão, orégano, açafrão, alecrim, possuem propriedades antioxidantes além de acentuar o sabor reduzindo a quantidade de sal utilizada

– prepare as refeições em casa, sempre que possível, tornando esta atividade um momento de confraternização entre os membros da família, valorizando o ato de comer

– perceba atentamente suas reações ao consumir determinados alimentos, esta percepção será útil para verificar suas sensibilidades alimentares

– prepare um cardápio  para variar o preparo dos alimentos, evitando o arroz, feijão, bife, alface e tomate. Podemos variar o tipo de feijão para vermelho, carioquinha, branco, lentilha, grão de bico. No lugar do arroz branco use o integral misturado com couve ou cenoura, além de bonito e diferente fica mais enriquecido. No lugar do bife faça peixe, porco, peru, soja.

– para preparar saladas, além do alface e tomate de todos os dias inclua um repolho cru com cenoura e algumas castanhas picadas. Certamente o tempo usado no preparo desta refeição será o mesmo, mas a apreciação e a digestão será bem melhor.

– Faça lanches entre as refeições principais, colocando em sua bolsa ou pasta algumas nozes ou castanhas, frutas secas ou naturais para evitar uma fome descontrolada que o impulsione a entrar na primeira lanchonete que enxerga.

– Beba bastante água para manter seu sistema de refrigeração e eliminação em dia, isso evita a sobrecarga de toxinas e mantém seu metabolismo ativo.