MODULAÇÃO HORMONAL E NUTRIÇÃO FUNCIONAL

A principal ação dos alimentos, ervas e especiarias frente a ação hormonal ocorre no sentido de evitar que os hormônios desviem sua principal rota de ação. Uma vez que os hormônios são substâncias que servem para comunicar os órgãos e gerar funções, eles precisam estar ligados a receptores para evitar que desviem sua ação esperada e se vinculem a receptores inadequados. Substâncias pró inflamatórias e xenobióticos podem afetar a ação destes receptores interferindo na ação do hormônio, seja aumentando sua ação, convertendo a um outro hormônio com atividade deletéria ou bloqueando sua ação.
Podemos contribuir com dois movimentos bem importantes para evitar os sintomas decorrentes destes desequilíbrios

1- reduzir a exposição a agentes tóxicos (xenobióticos) que exercem ação nos receptores hormonais, impedindo a ação natural e esperando ou promovendo uma atividade inflamatória
Tinturas de cabelo (use tintura de coentro nos dias da tintura) , batom (retire antes de comer), maquiagem, perfumes,
embalagens de alimentos (use vidro), plásticos, fertilizantes e pesticidas (prefira orgânicos) , hormônios das carnes, ovos e produtos lácteos, hormônios presentes na água…

2- aumentar a exposição a alimentos com ação anti-inflamatória e antioxidante que atuem nos receptores hormonais

Seguem alguns exemplos abaixo listados:  

Lignanas : promovem redução dos sintomas como calorões e insônia.
– Linhaça, chia, quinua, gergelim ( coumestrol ), alho porró,
O azeite de oliva click here evita doenças hormônio dependentes como o câncer. Tem efeito antiestrogênico.

Frutas vermelhas : ricas em ácido elágico, interessante para sintomas de TPM e menopausa. Ação inibidora da aromatase o que mantem a ação hormonal.
– Melancia, morango, framboesa, romã

Frutas e vegetais roxos : ricos em antocianinas, que exercem ação antinflamatória

– Jabuticaba, açaí, repolho, cebola roxa, amora, uva

Vegetais crucíferos : ricos em glicosinolatos (indol 3 carbinol) que evitam que o estrogênio forme estrona, um hormônio com ação pró inflamatória e carcinogenica.
Brócolis, couve flor, couve, repolho, agrião, rucula, couve chinesa 

ERVAS e ESPECIARIAS:
SÁLVIA, HORTELÃ (reduz a testosterona em excesso), OREGANO, ALECRIM – contribuem para liberaros receptores hormonais favorecendo a ação adequada dos hormônios sexuais

Cúrcuma (açafrão) : forte ação antinflamatória e antioxidante (fonte de glutationa) , regula o ciclomenstural e reduz os sintomas do período menstrual. Reduz os sintomas emocionais na TPM e menopausa.  Pode usar na  comida ou salada (não aquecer),  acompanhado de pimenta do reino para aumentar a biodisponibilidade

GELEIA REAL – ação antinflamatória, hipotensiva, vasodilatadora. Reduz os níveis de colesterol que costuma se elevar na menopausa. Interage com os receptores de estrogênio contribuindo para manter níveis de libido adequados.

ALIMENTOS RICOS EM MELATONINA – favorecem o sono e a ação reparadora das funções cerebrais
gengibre, repolho, cebolinha, cenoura, maçã, abacaxi, pepino