TORTA SALGADA LOW CARB

Ingredientes

600 g de couve-flor cozida

1 col chá de sal

pimenta do reino a gosto

Noz moscada a gosto

4 ovos

2 xícara de farinha de aveia ou outra sem glúten (amaranto, grão-de-bico, feijão branco)

1 cebola picada

1 dente de alho

1 cenoura ralada
400 g de frango cozido e desfiado

2 Tomates picados

Salsinha a gosto
Azeite

Preparo:
Refogue em azeite a cebola, o alho e o frango. Acrescente o sal e a pimenta, coloque os tomates e deixe cozinhar. Junte a cenoura ralada e finalize com a salsinha. Reserve.
Em um processador ou liquidificador bata a couve-flor, os ovos, a farinha de aveia,  o sal, a pimenta do reino e a noz moscada.
Junte esta mistura ao refogado de frango e mexa suavemente.
Unte uma assadeira com azeite, despeje a massa e polvilhe páprica e orégano.
Leve para assar em forno preaquecido a180 graus por uns 20 minutos aproximadamente.
* caso queira um toque mais gratinado use mozzarela de búfala ralada ou queijo vegano a seu gosto.

IOGURTE VIVO DE CASTANHAS

INGREDIENTES:
1 xícara de castanha de caju natural
1 inhame pequeno
2 colheres de sopa de passas de uva branca cobertas com água por 12 h
suco de 1 limão
2 cápsulas de probioticos (pode usar o que já foi prescrito por sua nutricionista ou adquirir em lojas ou farmácias de manipulação)

MODO DE FAZER:
Deixar as castanhas de molho em água por no mínimo 4 horas
Descascar o inhame, picar e colocar de molho em água por 2 horas no mínimo
Escorrer a água e colocar no liquidificador as castanhas sem a água. Em seguida colocar o inhame, reservando a água  (podemos usar se for necessário)
Juntar as passas de uva com a água e o suco de limão.
Bater e ir mexendo sempre para que fique bem triturado.
Caso fique muito espesso coloque a água do inhame. A textura deve ficar cremosa como um iogurte para comer de colher.
Abra as cápsulas de probióticos e acrescente ao creme. Bata mais um pouco para incorporar.
Coloque em vidros pequenos (Passe agua fervente antes para higienizar) e deixe em um bolsa térmica ou caixa de isopor por 10 horas.
Passado o tempo indicado acima, coloque os vidros na geladeira.
Este que mostro na foto bati 1 vidrinho com 6 morangos pequenos no mixer.

SUGESTÕES de consumo:
comer com frutas e granola
bater com morango ou amora ou mirtilos
preparar uma geléia de ameixa e damascos para acompanhar

 

BOLO FIT DE BATATA DOCE

Bolo Fit de Batata Doce

1 batata doce média (250g) crua ralada

4 ovos

4 colheres de sopa de açucar de coco

2 colheres de sopa (rasas) de óleo de coco

1 ½ xícara de farinha de aveia

1 colher de sopa de fermento em pó

modo de fazer:

Bater os ovos e reservar.
Misturar a batata com a farinha de aveia, o açúcar e o óleo de coco. Juntar os ovos batidos e por ultimo o fermento.
Levar ao forno a 180oC por 35 minutos.

 

IOGURTE DE COCO


500 g de coco ralado congelado

1 ½ xícara água quente

2 cápsulas de bactérias probioticas (pode ser o que você já usa ou adquirir em farmácias – Streptoccocus thermophilus – 5 bilhões UFC ou Bio Rich -1/2 envelope  )

MODO DE FAZER

Bater no liquidificador o coco com a água até que fique bem desmanchado.
Passe por um coador de pano ou voil, esprema bem até separar o liquido do sólido.
Bata novamente o leite de coco com 3 colheres de sopa de polvilho doce.
Leve ao fogo até engrossar mexendo sempre para não empelotar. Deixe amornar.
Abra as capsulas de probioticos e  acrescente os 2 probióticos.
Acondicione em vidros com tampa em uma bolsa térmica ou caixa de isopor e deixe por 12h.
Após este período conservar em refrigeração.

A importância de tomar água

Não esqueça de tomar água !!!!

Uma dieta balanceada deve fornecer um aporte adequado de carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e fibras. Estes nutrientes são essenciais ao nosso corpo, mas há um outro nutriente essencial que costuma ser esquecido, a água.
            Nos dias mais frios costumamos deixar de beber água, mas como estamos em ambientes fechados e expostos a ar condicionado e aquecedores, a hidratação é bastante necessária para repor o que é trocado com o meio.
Depois do oxigênio a água é o elemento mais importante para a vida. Nosso corpo é constituído de aproximadamente 70 % de água. Podemos sobreviver semanas sem comida, mas sobrevivemos poucos dias sem água.
Várias reações químicas dependem da água, pois o sangue é constituído de 90% de água. Realiza o transporte de nutrientes de todo o metabolismo.
Lubrificante das fezes, auxilia a motilidade intestinal, hidratando as fibras consumidas na dieta e facilitando a evacuação. Absorve-se água em todo o trajeto do aparelho digestivo, desde o estômago até o reto. Estima-se um consumo de 500 ml de água apenas no intestino.
Auxilia nos casos em que há tendência a retenção hídrica, eliminando toxinas através dos rins que são os filtros do corpo.
A água ajuda a regular a temperatura corporal, por isso ao contrário do que se pensa no inverno precisamos de água, pois nosso corpo sofre grandes alterações de temperatura.
Nossa pele, considerado o maior órgão do corpo humano, necessita de 350 ml para realizar as trocas com o ambiente externo. No inverno, vivemos expostos à aquecedores, estufas, ar condicionado, vento gelado, muita umidade no ar, entre outros. Para manter a pele hidratada e com vitalidade a água é fundamental.
Serve como veículo de substâncias renovadoras e reparadoras dos tecidos.
Muitas vezes pensamos que estamos com fome e na realidade o que sentimos é sede, portanto um copo dágua pode ajudar na hora daquela fome sem explicação.

Dicas de consumo:

–  usar com limão espremido
–  tomar o primeiro copo dágua em jejum.
–  antes de beliscar tome um copo dágua.
–  leve consigo uma garrafinha com água.
– prepare água aromatizada com ervas – alecrim, hortelã, canela, cravo, gengibre, manjericão…

–  mantenha a água ao seu alcance, estando sempre à sua disposição e vinculada às atividades que desempenha a maior parte do tempo. Pode ajudar a formar o hábito.

 

       Necessidade média de líquidos em 24 horas
Temperatura normal Temperatura elevada
urina                  1400 ml urina                  1200 ml
fezes                    100 ml fezes                    100 ml
suor                     100 ml suor                    1400 ml
Pele                    350 ml Pele                      350 ml
Respiração        350 ml Respiração           250 ml
Consumo total 2300 ml Consumo total    3300 ml

 

CREAM CHEESE VIVO


2 xícaras de amêndoas hidratadas por 8 h OU 2 xícaras de sementes de girassol hidratadas por 4 horas
suco de 1 limão
1 colher de chá de sal marinho
3 colheres de sopa de azeite
1 pitada de pimenta do reino
água o quanto baste para triturar

Bater as amêndoas e os demais ingredientes no liquidificador até atingir a consistência desejada
Durabilidade: 7 dias na geladeira

BRIGADEIRO VIVO sem açúcar sem leite

INGREDIENTES

1/2 xícara de damascos secos
¾ xícara de tâmaras
1 ½ xícara de amêndoas hidratadas por 8h
1 colher de cacau em pó
1 colher de mel ou agave ou melado
200 g de nibs de cacau ou coco ralado ou cacau em pó
especiarias a gosto : raspas de limão ou laranja, baunilha, noz moscada, canela …

Modo de preparo:
Processar em lamina S do processador todos os ingredientes até formar uma massa consistente (forma uma bola de um lado do processador)

Formar as bolinhas e passar em coco ralado, farinha de amêndoas ou nibs de cacau
colocar em forminhas coloridas e servir

Dura até 2 semanas na geladeira

SUFLÊ DE ESPINAFRE

2 1/2 xícaras de folhas de espinafre
1/3 xícara de nozes em pedaços ou castanhas de caju ou castanhas do Pará
1/2 xícara de semente de girassol sem casca
4 ovos
1/2 cebola roxa
1 dente de alho
2 colheres de sopa de farinha de arroz ou amido de milho
1 colher (sopa) azeite de oliva
250 ml de leite de coco ou arroz ou amendoas
sal e pimenta-do-reino

  1. Refogue a cebola e o alho em uma colher de azeite
  2. Separe as folhas do espinafre e coloque-as em uma panela. Cubra com água quente e tampe. Deixe descansar por seis minutos e escorra
  3. Pique as folhas de espinafre, junte ao alho e a cebola e refogue por mais alguns minutos
  4. Separe as gemas das claras. Misture as gemas com a farinha de arroz até formar uma mistura bem homogênea
  5. Adicione esta mistura no refogado de espinafre, em fogo baixo, e aos poucos acrescente o leite vegetal
  6. Acrescente as nozes e a semente de girassol. Mexa bem.
  7. Tempere com sal e pimenta a gosto. Desligue o fogo e reserve.
  8. Por fim, bata as claras em neve e acrescente aos poucos ao preparado de espinafre.
  9. Coloque em uma forma untada com azeite e farinha de arroz, leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por 15 minutos ou até dourar.

 

BACALHAU NA MORANGA

INGREDIENTES:

300g de bacalhau em lascas, dessalgado e escaldado

1 abóbora moranga pequena

2 colheres (sopa) de salsa picada

50g de azeitonas picadas

4 tomates maduros sem sementes picados

1 cebola média picada

2 dentes de alho picados

2 colheres (sopa) de azeite

coentro a gosto

½ xícara de leite de coco

Queijo vegano ou queijo de búfala a gosto

Modo de Preparo

  1. faça um buraco em cima da moranga no formato de uma tampa
  2. Retire as sementes
  3. Lave e seque a moranga – deixe a casca
  4. Passe um pouco de azeite na moranga, por fora (na tampa também)
  5. Coloque em prato untado com 1/3 xícara de água no fundo, isso a deixará mais úmida e não corre o risco do prato quebrar. Leve ao forno por 30 minutos, com o buraco virado para baixo em uma forma
  6. Enquanto isso doure o alho no azeite. Junte as cebolas e deixe refogar. Coloque os tomates e deixe cozinhar até que fique mais encorpado.
  7. Acrescente o bacalhau e refogue com cuidado para não desmanchar
  8. Adicione o leite de coco, a salsa, as azeitonas e a pimenta do reino. Ajuste  o sal
  9. Retire a moranga do forno, verifique se tem água dentro e seque.
  10. Recheie a moranga e (caso use queijo cubra com o queijo e leve ao forno para gratinar por 15 minutos.
  11. Polvilhe com o coentro e sirva.

SAIBA MAIS SOBRE O CACAU E SEUS BENEFICIOS


CACAU

O chocolate consiste em uma série de produtos crus e processados derivados da semente dervore do cacau. A palavra “ Theobroma” vem do grego e significa “alimentos dos deuses”. Em 1520 o chocolate, misturado com baunilha e açúcar, foi introduzido na Europa pelos exploradores espanhóis.

A quantidade de gorduras das sementes é de 40-50%, enquanto que os polifenóis compõem aproximadamente 10% do peso seco do grão. O chocolate também é fonte de minerais, como o potássio, zinco, selênio e magnésio, juntamente com vitamina E, gordura saturada (60%), monoinsaturada (35%) e ácido linoleico (3%). A quantidade de magnésio do chocolate e do cacau é extremamente alta (100mg/100mg e 520mg/100g, respectivamente).

O cacau também é fonte de ácidos graxos. O ácido oleico e o ácido esteárico constituem cerca de 66% da composição da manteiga de cacau (33% de cada). Adicionalmente, o chocolate possuiuma proporção de gordura sob a forma de ácido palmítico.

O chocolate também contém componentes com ação farmacológica, como aminas biogênic Theobroma cacao. Ele é originário do México, onde os Maias, Incas e Astecas cultivavam a áas e metilxantinas. As principais aminas biogênicas presentes no chocolate são a tiramina e feniletilamina (PEA, do inglês, phenylethylamine). Dentre as metilxantinas, o chocolate é fonte de metilcantinas alcaloides, como a cafeína (1,3,7 – trimetilxantina) e teobromina (3,7 – dimentilxantina), ambas com ação estimulante.

– Flavonóides

– Efeitos benéficos dos compostos fenólicos

– Ação antioxidante

– Inibição da oxidação do LDL colesterol

– Efeitos anti-inflamatórios do cacau

– Proteção contra doenças cardiovasculares

– Inibição da agregação plaquetária

– Redução da pressão arterial

– Atividade neuroprotetora

O consumo de flavonoides pode estar associado a um menor risco de demência, menor prevalência de declínio cognitivo e melhor performance cognitiva em indivíduos idosos.

Recomendações de consumo

Todos os efeitos benéficos discutidos neste capítulo são resultantes dos compostos bioativos presentes no cacau, sendo o chocolate um alimento que contém cacau em sua composição. Mas é importante ressaltar que o conteúdo de cacau nos diferentes tipos de chocolate varia consideravelmente, assim como também varia a concentração de polifenóis presentes em diferentes tipos de cacau. O paladar brasileiro está mais acostumado com um produto adocicado, com alto teor de leite, açúcar e gorduras hidrogenadas. Crianças e adultos brasileiros têm preferência pelo chocolate ao leite, cujo teor de cacau é de apenas 25 a 35%.

O consumo de altas quantidades de chocolate ao leite pode, potencialmente, trazer mais efeitos prejudiciais do que benéficos, tendo em vista a presença de outros macronutrientes, como a gordura saturada adicionada e o açúcar. Portanto, recomenda-se a opção de produtos contendo alta concentração de cacau (70% ou mais), o cacau em pó ou os nibs de cacau.

Página 2 de 512345
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial